Eis o resultado das interpelações feitas a alguns dos seus tripulantes e passageiros. As respostas é que não cabem na cabeça de ninguém!

Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010

Um dia acordei com uma vontade imperiosa de pôr um botão de rosa na lapela do casaco. Assim, fui ao encontro da Natalie, que é a florista da Nave dos Loucos, a fim de satisfazer o meu desejo vindo sabe-se lá de onde. Quando entrei na sua lojinha, ela estava a acabar de atender um senhora que comprara um ramo de túlipas para o seu novo namorado. Quando fiquei a sós com a Natalie dei comigo a perguntar-lhe: Tu desculpa, mas… Como é que eu posso melhorar espiritualmente?

 

 

Natalie, a caminho do nutricionista.

 

Ela, enquanto borrifava o meu botão de rosa com água fresca, foi dizendo: Por incrível que possa parecer, não melhoras espiritualmente apenas meditando muito. Melhoras, por exemplo, fechando a porta devagar, lavando a louça com doçura, sorrindo para quem te rodeia, fazendo uma lista daqueles com quem não estás em paz, para, depois, começares a resolver o assunto. A espiritualidade não tem nada de teórico. Não é uma coisa que se aprenda apenas em cursos e seminários. Tens de deixar de repetir incessantemente as atitudes que sabes que necessitam de correcção. Por outras palavras, não podes insistir nos mesmos erros. E não confundas «erro» com «pecado». O erro pode derivar de uma falta de consciência; aí há que ser compreensivo como fazemos com as crianças. Já o pecado, devido ao complexo de culpa que inevitavelmente gera, pode ser uma forma de te empurrar para o fundo do poço, quando, afinal, o teu coração deseja subir à superfície. Resumindo: queres saber como podes transformar-te num ser que não contamina o ambiente com o seu pivete energético? Podes começar por aprender a fazer como nunca fizeste!

 

Confesso que, quando ela me entregou o botão de rosa, eu sentia-me tão descoroçoado que a minha vontade foi sair pela porta fora em busca de ar fresco. Aprender a fazer como nunca fiz! Esta gente tem cada uma!

publicado por Gerador de posts às 10:59

De Ana Remelgado a 22 de Outubro de 2010 às 17:31
Nada como uma grande verdade dita a brincar!
E como não há rosas sem espinhos, que nos fiquem os ensinamentos da florista.


De Álvaro Barria Maio a 23 de Outubro de 2010 às 00:35
Carissimo
Venho saudar mais essa sua/vossa iniciativa que a uma primeira impressão parece algo deslocada e inusitada, por não se enquadrar nos costumados e estritos moldes das temáticas espiritualistas, mas que apreciada com os verdadeiros olhos do Espírito se revela bem interessante e sugestiva, dada a originalidade e profundidade q.b., das posturas, em estilo bem humorado e descontraído, como aliás é de seu timbre. Saúdo igualmente o título que escolheu , que, não sendo original, nem muito 'espiritual', não deixa de ter uma incidência bem oportuna e actual. Deduzo pois obviamente, que se tenha lembrado do badalado filme de Stanley Kramer, de 1965, ‘Ship of Fools’, que aqui se chamou assim, bem como já agora, do igualmente badalado livro em que se baseou, de Katherine Anne Porter, publicado três anos antes. Os loucos retratados naquele navio, revelando patologias variadas, não eram nem melhores nem piores dos destes tempos, são sim os mesmos de sempre. Almas sombrias que se alimentam do medo que geram, mas que agora, ao não terem já o apoio e sustento que tinham, são apenas e tão só, almas carentes de amor e compaixão. Quanto aos retratados no ‘blog’ esses (e essas) parecem estar já bem noutro patamar, no qual a loucura se confunde com sabedoria.
Continue pois que boa é a intenção, conquanto que não falte iluminação e imaginação. O que claramente me parece que não!.

De Ana Martins a 24 de Outubro de 2010 às 20:18
Estava de passagem e Gostei muito do que li...Contrariamente aquelas pessoas que se lembram sempre de um nobel de qualquer coisa ou um cientista afamado, eu tendo a lembrar-me daqueles que me rodeiam e devo dizer que esta florista fez-me lembrar a D. Eulália, que um dia me disse:-Vês?! Lembra-te sempre que até para descascar uma batata é preciso Amor.

De Gerador de posts a 26 de Outubro de 2010 às 09:32
Olá
Muito obrigado pelo comentário que deixou no blog A NAVE DOS LOUCOS.
Se quiser receber notícias nossas periodicamente (newsletter POMBA VERDE) responda a esta mensagem para vitorino@velatropa.com.
Volte sempre à NAVE DOS LOUCOS… às 3ªs e 5ªs feiras.
Vitorino de Sousa


mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
15
16

17
18
20
22
23

24
25
27
29
30

31


comentários recentes
Com muita pena nossa :(
Esta resposta veio mesmo na altura em que eu preci...
Onde ele atende? Vc pode me passar os contatos del...
Na vida está tudo certo.Sinto-me grato e feliz, po...
"Aliás, não voltarei a fazer perguntas seja a quem...
Tão engraçado...na minha meditação de segunda feir...
Muito bem, por esta não estava à espera, pelo meno...
Ora até que enfim que o 'louco' virou 'sábio'. O s...
Maravilhosos os textos colocados... pela forma des...
Deus está em cada um de nós.Somos parte de um todo...
arquivos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro