Eis o resultado das interpelações feitas a alguns dos seus tripulantes e passageiros. As respostas é que não cabem na cabeça de ninguém!

Terça-feira, 26 de Outubro de 2010

Estava eu na amurada a ver os peixes voadores, quando senti um poderoso cheiro a cominhos. Virei a cabeça e vi o Schneider, que é o cozinheiro-chefe da Nave dos Loucos. Bonacheirão, com as bochechas a brilhar, aproximava-se a fumar a sua cigarrilha. Pareceu-me que não devia deixar passar a oportunidade para lhe perguntar: O que é preciso para vivermos com um mínimo de sofrimento?

 

 

Scheneider, numa das suas actividads favoritas.

 

Coçando as costas no pilar de suporte de um dos salva-vidas, ele respondeu: O ideal seria que pusesses de lado a ideia do sofrimento. Sabes, muitas vezes aquilo que te dói é a parte que não quer mudar. Um ser maleável, totalmente disponível para a mudança – ou seja, sem qualquer apego – não sofre. É impossível. Um mestre não sofre; pode, momentaneamente, estar triste. Mas essa tristeza decorrerá da sua profunda compaixão por quem o rodeia. Tal não pode ser chamado de sofrimento, porque ele sabe que já não resiste ao que ele tem de fazer. Por isso, caminha tranquilamente. Quem tem o coração suficientemente aberto para manifestar gratidão incondicional não pode sofrer, porque a sua Luz impede a aproximação das sombras do sofrimento. Por isso, amigo, trata mas é de te acenderes. Acende-te e retira a palavra sofrimento do teu vocabulário.

 

Fiquei a olhar para ele com cara de marinheiro enjoado e, sem nada dizer, pus-me a olhar para as nuvens, a fim de disfarçar a minha desconfiança em relação ao que ele acabara de dizer. Agradeci-lhe o conselho mas, lá no fundo, eu interrogava-me acerca do que quereria ele dizer com aquilo do «acende-te»!

publicado por Gerador de posts às 09:27

De Rita Galante a 26 de Outubro de 2010 às 13:46
Duma forma muito subtil, alguns passageiros da Nave dos Loucos vão dando a sua achega à "curiosidade" do passageiro mais "louco" desta nave!
Já anexei o link da Nave dos Loucos ao meu blog e vou partilhar por outros meios.
Brilhante trabalho!
Beijinhos,
Rita

De Jorge Vicente a 26 de Outubro de 2010 às 17:21
desaprende
descontrola-te
desprende-Te!

Sê!!!

Grande abraço
Jorge Vicente


mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
15
16

17
18
20
22
23

24
25
27
29
30

31


comentários recentes
Com muita pena nossa :(
Esta resposta veio mesmo na altura em que eu preci...
Onde ele atende? Vc pode me passar os contatos del...
Na vida está tudo certo.Sinto-me grato e feliz, po...
"Aliás, não voltarei a fazer perguntas seja a quem...
Tão engraçado...na minha meditação de segunda feir...
Muito bem, por esta não estava à espera, pelo meno...
Ora até que enfim que o 'louco' virou 'sábio'. O s...
Maravilhosos os textos colocados... pela forma des...
Deus está em cada um de nós.Somos parte de um todo...
arquivos

blogs SAPO


Universidade de Aveiro